Equipa

João E. Rabaça

Doutorado em Biologia, Professor Auxiliar

RESPONSÁVEL CIENTÍFICO

Licenciado em Biologia pela Faculdade de Ciências de Lisboa e doutorado em Biologia pela Universidade de Évora.
Desempenho as funções de Professor Auxiliar no Dept. de Biologia da UE e sou o actual Director do Mestrado em Biologia da Conservação

Lidero o LabOr e os meus principais interesses residem no domínio da ecologia de aves, em particular na compreensão da composição e estrutura de comunidades orníticas associadas a formações ripícolas e florestais, no efeito das alterações das práticas agrícolas na distribuição e abundâncias de espécies prioritárias, na biologia e ecologia de rapinas nocturnas e em aspectos metodológicos das técnicas de censo. Tenho ainda um particular interesse na difusão da cultura científica utilizando as aves como modelo de referência.

 

    Ana Marques

    Mestre em Gestão e Conservação da Natureza, Colaboradora

    Licenciada em Biologia Marinha e Pescas pela Faculdade de Ciências do Mar e Ambiente da Universidade do Algarve, e Mestre em Gestão e Conservação da Natureza também pela Universidade do Algarve, comecei por desenvolver trabalho na área das pescas interiores, elaborando propostas de gestão para algumas espécies aquícolas de maior interesse ecológico.

    O interesse pelas aves surgiu em meados de 2006, quando iniciei um regime de colaboração pontual no projecto TytoTagus. Essa cooperação alargou-se a partir de 2007, estando actualmente a desempenhar funções de bolseira de investigação científica.

    Interesso-me particularmente pelas áreas ligadas à conservação da natureza, com especial enfoque naquelas relacionadas com aves de rapina nocturnas.

     

      Ana Mendes

      Doutorada em Biologia

      Licenciada em Biologia pela Faculdade de Ciências de Lisboa. Desenvolvi a minha tese de doutoramento sobre o tema ” A utlização das galerias ribeirinhas pelas aves Passeriformes no Sul de Portugal”, na Univerisdade de Évora. Recentemente desenhei e desempenhei funções de coordenação do projecto Interreg IIIC- Sul – Ripidurable. Os meus principais interesses residem no domínio da ecologia de zonas ribeirinhas, em particular na composição e estrutura de comunidades de aves associadas a estas formações, tendo também experiência adquirida em populações de aves coloniais marinhas (sobre as quais desenvolvi vários trabalhos cientificos e de conservação).

      Tenho ainda um particular interesse em aspectos metodológicos das técnicas de censo aplicadas a aves, bem como em aplicação de técnicas de restauro de habitats ribeirinhos.

        Carlos Godinho

        Doutorado em Biologia, Bolseiro de Investigação

        Biólogo e Mestre em Biologia da Conservação, realizei o Doutoramento na Universidade de Évora sobre “A influência das acções de gestão florestal nas comunidades de aves dos montados e pinhais”. Os meus principais interesses dentro da Ornitologia são: o estudo de comunidades de aves associadas a formações florestais e ripícolas; as aves enquanto bioindicadores; métodos e técnicas de censo; anilhagem científica. Sou co-responsável pela Estação de Esforço Constante de anilhagem da Herdade da Mitra. Adicionalmente, interesso-me pela reabilitação de galerias ripícolas, difusão científica e ilustração científica.

            Carla Azeda

            Estudante de Doutoramento

            Aluna de doutoramento em Gestão interdisciplinar da Paisagem na Universidade de Évora. Licenciatura em Biologia Aplicada aos Recursos Animais Variante – Recursos Terrestres, pela Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa. Mestrado em Biologia da Conservação, pela Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa. Principais áreas de interesse científico: sistemas agrícolas de elevado valor natural; as comunidades de aves associadas aos montados; sistemas agro-silvo-pastoris Mediterrânicos; ecossistemas Mediterrânicos; relação entre agricultura e biodiversidade; impacto da atividade agrícola na biodiversidade; desenvolvimento rural.

                Fernando Goytre

                Técnico de Campo

                Técnico Superior em Gestão e Organização de Recursos Naturais e Paisagísticos, pela Escola de Capacitação Agrária de Villaviciosa de Odón, Madrid (2007). Comecei a minha formação no âmbito florestal, mas pouco a pouco fui-me especializando no trabalho com aves, às quais além do meu trabalho, dedico também grande parte do meu tempo de lazer.
                Ainda que não tenho uma preferência específica, nos últimos tempos uma parte muito importante do meu trabalho tem estado relacionada com o estudo e censo de rapinas nocturnas, sendo este o trabalho fundamental que realizo actualmente para o LabOr.

                  Inês Roque

                  Doutorada em Biologia, Bolseira de Investigação

                  Licenciada em Biologia, meste em Biologia da Conservação e doutorada em Biologia. O meu percurso académico e profissional abrange vários aspectos da ecologia e conservação de rapinas nocturnas: reprodução, dieta, mortalidade, preferências de habitat, dispersão e ecotoxicologia. Tenho-me dedicado principalmente à população de coruja-das-torres do Vale do Tejo (Projecto TytoTagus), mas também às comunidades de rapinas nocturnas em sistemas silvo-pastoris mediterrânicos tradicionais (montados). Na minha tese de doutoramento avaliei as penas enquanto ferramentas de biomonitorização de contaminantes ambientais. Tenho também amplos interesses em etno-ornitologia, no papel da ornitologia na educação e na disseminação da ciência para a sociedade.

                    Nuno Faria

                    Doutorado em Ecologia, Colaborador

                    Licenciado em Biologia e Mestre em Biologia da Conservação pela Universidade de Évora, e Doutor em Ecologia pela Universidade Autónoma de Madrid. Desenvolvo trabalho essencialmente na área da monitorização ambiental e investigação em ecologia de avifauna estepária. A minha dissertação de doutoramento intitulou-se “Steppe bird ecology and grassland management in South Portugal: implications for the conservation of the Little bustard”.
                    Os meus principais interesses são a biologia e ecologia de aves estepárias e gestão activa de fauna.

                      Pedro Pereira

                      Estudante de Doutoramento

                      Sou licenciado em Biologia pela Universidade de Évora e Mestre em Gestão e Conservação de Recursos Naturais pelo Instituto Superior de Agronomia (Universidade Técnica de Lisboa) e Universidade de Évora. No momento, estou a fazer doutoramento em competição interespecífica de aves insectívoras pela Universidade de Coimbra.
                      Os meus principais interesses são a conservação de Aves e os seus habitats, nomeadamente no que diz respeito a comunidades florestais, ripícolas, estepárias e exóticas.

                        Pedro Salgueiro

                        Estudante de Doutoramento

                        No que respeita a minha formação académica, sou Licenciado em Biologia pela Universidade de Évora – Ramo Científico da Universidade de Évora desde 2006. Em 2009, concluí o Mestrado em Biologia da Conservação. No meu percurso profissional tenho procurado especializar-me em ecologia de aves e na sua utilização como valiosos indicadores de mudanças de habitat. Participei em vários projectos no âmbito da avaliação dos impactes de infra-estruturas e gestão de recursos sobre a fauna.
                        As minhas principais áreas de investigação são a Biologia de Conservação e a Ecologia da Paisagem aplicada a espécies e comunidades da fauna em paisagens modificadas pelo ser humano. O meu interesse foca-se em determinar os padrões de distribuição das espécies e comunidades em paisagens sujeitas a gestão activa e, portanto, vulnerável a mudanças. Atualmente estou a desenvolver o meu projecto de doutoramento desde 2013, que se foca na análise de conectividade da paisagem aplicada à persistência comunidades de aves em áreas fragmentadas. Estou particularmente interessado em determinar os limiares críticos de perda e fragmentação do habitat e as suas implicações na resiliência e estruturação das comunidades de aves.

                          Rui Lourenço

                          Doutorado em Biologia, Bolseiro de Pós-Doutoramento

                          Licenciado em Biologia Aplicada aos Recursos Animais Terrestres pela Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (2000), Mestre em Biologia da Conservação pela Universidade de Évora (2005) e Doutorado em Biologia pela Universidade de Évora (2011).
                          Trabalho desde 1999 em ecologia e conservação de aves de rapina diurnas e nocturnas.

                          Os meus principais interesses de investigação são: ecologia trófica de aves de rapina; efeito das rodovias nas aves de rapina nocturnas; interacções específicas e estruturação das comunidades de aves de rapina; competição por interferência e predação intraguilda em aves de rapina; papel dos predadores de topo na biodiversidade em ecossistemas mediterrânicos; ecotoxicologia em aves de rapina.

                          Actualmente sou bolseiro de Pós-doutoramento na Universidade de Évora, colaborando com a Estação Biológica de Doñana (CSIC, Espanha) e a Universidade de Turku (Finlândia).